sexta-feira, 11 de setembro de 2015

A FÉ INTELIGENTE X FANATISMO


TEXTO:  E  disse-lhes:  Ide por  todo o  mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

               Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

               Marcos 16:15,16.

FONTE DA IMAGEM: GOOGLE.


Na Bíblia essa palavra é muito ligada à atividade do precursor de Cristo, João Batista, que Batismo é uma palavra de origem grega, quem vem do verbo baptizo, que literalmente significa "batizar" ou também "lavar".

batizava no Jordão (Mateus 3,11 e paralelos). É por isso que ele é chamado de "batista".
Na verdade todos sabemos que o batismo por imersão tem o significado de sepultamento. Ora quando somos batizados, submersos, estamos sendo realmente sepultados com Cristo em sua morte. Na hora da emersão, ou seja, quando saimos da água, signfifica que estamos sendo ressuscitados com Cristo.

É algo muito importante de um significado muito profundo. Primeiro vem a fé, quem crer e for batizado será salvo. Ora a fé verdadeira, dom do Espírito Santo é seguida de do verdadeiro sepultamento do eu. O batismo , na verdade não salva ninguém, mas é uma ordem de Jesus, conforme Marcos 16.15-16 e  Mateus 28:19 : Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

O importante é saber que a salvação não está no batismo e sim no crer, na fé. Agora é que vem a pergunta: Como uma criança pode crer, pode passar pelo batismo do arrependimento? Na verdade não pode. A criança, apesar de já nascer com o pecado(pecado venial) não tem a capacidade de arrepender-se, de ter consciência do pecado. É por isso que todas as crianças devem esperar , pelo menos, 12 anos e ai sim, serem batizadas, no mesmo batismo que Jesus foi batizado, ou seja, por imersão.

É claro que, já que o batismo não salva ninguém, se porventura alguém estiver querendo ser batizado, e estiver preparado de acordo com a Palavra,  e surgir algum impedimento, como de saúde, por exemplo, idade avançada, já que é um símbolo, podemos usar outras formas de batismo; mas o batismo bíblico é pela imersão.

Jesus foi batizado por João e provavelmente também os apóstolos (João 1,35-42). E depois os cristãos continuaram a práxis de João, provavelmente já a partir do Pentecostes, graças ao mandamento de Jesus ressuscitado, como lemos em Mateus 28,19: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo";

O batismo de João era um batismo de penitência (Mateus 3,11; Marcos 1,4; Lucas 3,3; Atos dos Apóstolos 13,24). Quem era batizado por ele testemunhava o seu arrependimento e o desejo de receber o perdão. Era, no fundo, uma ação que preparava a pessoa à vinda do Messias.

No início do cristianismo, o fato de  que Jesus tenha sido batizado por João não era fácil de ser aceitado. Mas nós precisamos ler esse evento como uma disposição de Jesus a aceitar a vontade divina e deixar o exemplo para nós. Depois do batismo de João, o Espírito Santo desceu sobre Cristo (Mateus 3,16). A partir daí, esse batismo de Jesus é visto como o protótipo do batismo cristão, o batismo com água e espírito.

O batismo para nós cristãos, significa o perdão dos pecados, pois entendemos que somos lavados e purificados. Na submersão, que simboliza  a morte e emersão, que representa a ressurreição, representa que agora nascemos de novo, para uma nova viva, pois a antiga vida pecaminosa que vivianos foi literalmente sepultada, foi cravada na cruz. Estamos falando, claro , da morte, da crucificação do eu,para que agora possamos viver, no mundo espiritual, debaixo do senhorio de Cristo, não mais segundo a nossa vontade, o nosso eu, mas de Cristo, nosso Senhor.

Entendemos , então que, a fé inteligente, se é que podemos dizer assim, pois a fé verdadeira não está na alma, nas emoções, e sendo assim a fé que vem de Deus é inteligente, não é uma fé  sentimental mas sim no intelectual ,é a fé, que segundo a vontade de Deus que é boa , perfeita e agradável, nos leva a provocar e a viver os milagres de Deus na terra. A fé é tão importante, que a Bíblia diz que, sem esta , é impossível agradar a Deus."Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que O buscam". (Hebreus 11:6).

Quando a Palavra diz:"Quem crer e for batizado (submerso, borrifado, aspergido, lavado, no grego baptizo, não quer dizer que o batismo salva. Só são batizadas as pessoas que uma vez arrependidas, entregaram suas vidas ao senhorio de Cristo, e agora, partem para o primeiro sacrifício, como disse anteriormente; não sacrifícios no sentido como muitas pessoas fazem e conhecem, mas a crucificação do seu próprio eu.

Quando a pessoa é salva pelo dom da fé, então ela é sepultada pelo batismo e instantaneamente ressuscitada e partir daí ela pode dizer como Paulo dizia:Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.( Gálatas 2.20 ).
Para nós protestantes, o batismo ocorre em pessoas mais velhas, como disse acima e de preferência com doze anos, salvo raríssimas exceções e tendo alguém que se responsabilize pelo batizando, e  necessário a  consciência para fazer uma confissão de fé, declarando que se despede da "velha vida", morrendo para os maus hábitos. (imersão, sepultamento do eu) Depois, quando a pessoa emerge, ela ressuscita como Jesus Cristo ressuscitou, dando início a uma nova vida, onde não é mais ela quem vive, mas Cristo, seu Senhor vive nela.

Vemos aqui que é  no crer, na fé, que está a maior importância, pois se não for a fé , ninguém irá a lugar nenhum. Por isso que muitas pessoas não têm certeza da sua salvação, pois a condiciona as obras. Na verdade, a prática das boas obras é uma consequência da salvação e não para consegui-la. Não resta nenhum outro sacrifício, pois Jesus já fez tudo por nós na Cruz.

A fé inteligente, sacrifica sim, o eu, e vive a vida, segundo a vontade de Cristo. A fé inteligente também entende que não é só cruzar os braços. A fé inteligente age e quando isso acontece o Senhor reage. Outra coisa: a fé inteligente sabe que não adianta colocar todo sobre os ombros de Deus, pois aquilo que é para nós fazermos, que é o nosso dever, Deus não faz. Deus não move uma palha para fazer aquilo que é nossa obrigação, mas move céus e terra, para fazer aquilo que impossível para nós.

A fé inteligente, vê o invisível, o impossível e atinge e inatingível. Vamos dar uma olhadinha na carta aos Hebreus para que possamos ficar mais inteirados sobre o conceito de fé: Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
2 Pois foi por meio dela que os antigos receberam bom testemunho.
3 Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo que aquilo que se vê não foi feito do que é visível.
4 Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício superior ao de Caim. Pela fé ele foi reconhecido como justo, quando Deus aprovou as suas ofertas. Embora esteja morto, por meio da fé ainda fala.
5 Pela fé Enoque foi arrebatado, de modo que não experimentou a morte; "e já não foi encontrado, porque Deus o havia arrebatado", pois antes de ser arrebatado recebeu testemunho de que tinha agradado a Deus.
6 Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam.

Nós não estamos falando aqui de uma fé fanática, como acontece nos times de futebol, no fundamentalismo islâmico e em muitas outras seitas e até mesmo nas grandes religiões do mundo. Fé é um dom do Espírito Santo, portanto, algo muito sério.

Eu fico sim bem amedrontado com certos tipos de fé que tenho visto atualmente , como por exemplo, o uso do lencinho, da toalhinha, do tijolinho, da medalhinha e vai por aí afora. Já pensou, se nós líderes não explicarmos direito, a pessoa poderá ver nestes objetos, uma forma, uma mediação entre ele e Jesus Cristo. Isso é um grande perigo, pois o nosso foco, a nossa fé, o nosso alvo, tem que ser somente Cristo. Nossa fé tem que ser exercida somente em Cristo e em nenhum outro símbolo, ou objeto, pois isso pode levar ao fanatismo e a idolatria. Como por exemplo, a maioria dos católicos fazem, ao exercer a sua fé na intercessão dos Santos, chegando ao ponto de colocar Maria, acima do senhorio de Cristo. A fé inteligente, vai colocar a Mãe de Jesus, no lugar exato, em que a Bíblia a coloca. A fé inteligente, vai entender que os santos que intercedem são os vivos. Os que já fazem parte da Igreja triunfante, não intercedem mais por ninguém. Segundo a Bíblia que é  a Palavra de Deus, o único mediador e intercessor entre nós é Deus, é Jesus Cristo, se não leiamos:"Pois há um só Deus,e um só mediador,entre Deus e os homens:o homem Cristo Jesus.( I Timóteo 2.5). Devemos aprender a dar honra a quem tem honra. Portanto, honremos a Maria, mas adoração, adoração mesmo, somente ao Filho e ponto final. Isso é fé inteligente. Existe igreja que tem uma fé sega, mas tão sega, que chega a afirmar que se a pessoa não passar pelo batismo daquela denominação, nunca será salva. A fé sega também conduz ao erro de se a pessoa não usar o véu, ou não saudar os irmãos com ósculo santo , estarão irremediavelmente perdidas. O que está acontecendo aqui é que eles estão pregando a salvação pelas obras, ou seja, estão dizendo, afirmando que as pessoas somente serão salvas pela observância de costumes e práticas desta ou daquela outra denominação. A salvação é pela fé. Agindo assim, estão negando a graça incondicional de Deus, através da obra expiatória do Mestre Jesus, conforme podemos ler em Gálatas  5.4; Gálatas 3.1-6; Efésios 2.8-10; Romanos 3.20 -24. Cuidado meu amigo (a) com a fé sega.

Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
Romanos 8:26
Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Romanos 8:34

Quando a pessoa cruza os braços e culpa o diabo pelos seus insucessos, e louva a Deus pelos seus sucessos, isso também não deixa de ser uma fé sega. A fé inteligente, nunca irá cruzar os braços, mas sim, traçar metas e estratégias, para fazer as coisas acontecerem, claro, dentro da vontade de Deus. E quer tendo sucesso, ou não, em tudo o possuidor de tal fé, dará sempre graças a Deus. "Mergulho ou imersão"; Em suma batizar significa mergulhar totalmente o candidato na água. Esse é o verdadeiro batismo bíblico. Mas se antes, a pessoa realmente, não foi convencida pelo Espírito Santo, se não recebeu o dom da fé, que a levou ao pleno  arrependimento,se não nasceu de novo,  para depois então ser imergida e emergida, somente uma coisa tenho certeza que irá acontecer: a pessoa entra seca na água e sai molhada. Só isso , mais nada. Então para que possamos fazer a diferença no Reino de Deus, temos que ser Sacrário Vivo de Cristo, ou seja, deixar que ele se assente no trono de nossas vidas e nos governe. Isso é ser santo, isso é ser manso e humilde de coração.

Amém.